Professores convocados pela SEDF participam de solenidade de posse

FONTE: Correio Braziliense

Os 400 professores convocados pela Secretaria de Educação participaram, na manhã desta segunda-feira (14/2), da solenidade de posse, que se estenderá pelos dias 15 e 16 de fevereiro. A cerimônia ocorreu no auditório da Escola de Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação, localizada na SGAS 907, conjunto A.

Além dos 400 convocados, parte dos 1.545 aprovados que também haviam sido chamados compareceu ao local. Eles manifestavam a insatisfação com faixas e cartazes, com os dizeres: “Agnelo, tire a educação da UTI”. Os professores pediam que fosse aprovado um pacote emergencial, assim como ocorreu com o pacote da saúde, no qual se pretende a contratação de 10 mil funcionários. Luisa Marques, presidente da Comissão de Aprovados, afirma que uma ação por parte do governo nesse momento é de extrema urgência. “Se não há orçamento, é necessário que se faça um programa que garanta a convocação de mais profissionais”, defende.

Durante a solenidade, a secretária de educação, Regina Vinhaes, reconheceu um déficit de 2.4 mil professores nas 649 escolas do DF, mas acentuou que esta é a maior contratação de docentes já feita e que a secretaria está concentrando esforços para garantir que os 400 convocados estejam nas salas de aula em até 10 dias. “A educação do DF tem o melhor salário inicial, o melhor plano de carreira e os melhores prédios. Mas, ainda assim, não é isso que a gente deseja”, afirma a secretária.

Regina Vinhaes anunciou, ainda, que pretende reduzir a zero as taxas de analfabetismo de jovens e adultos no DF. “A média (de percentual de analfabetos) no Brasil é de 9%, no Distrito Federal é 5%. Mas, na capital federal, não deveria ter nenhum”, acentua.

Os professores convocados que não compareceram à solenidade de posse tem 15 dias para se apresentarem à Secretaria de Educação.

About these ads

29 respostas para Professores convocados pela SEDF participam de solenidade de posse

  1. Marcelo Aguiar disse:

    WD,
    A bem da verdade, que me desculpe a secretária, esta não é a maior convocação de professores já feita. Você, que acompanhou de perto, sabe que no ano passado convocamos 530 professores, fora 700 monitores, 230 secretários escolares, 230 apoios e 30 médicos.
    Sabemos que a falta de professores é crônica e que somente com a definição de um cronograma factível de contratações, inclusive com reforço orçamentário, é que será possível superar os atuais problemas da rede.
    Abraços,
    Marcelo Aguiar

    • Maria Celia disse:

      Marcelo Aguiar,
      Vc ficou na SE e não fez NADA em prol da categoria. Agora que saiu quer dar pitaco? concordo com vc que esta Secretária que aí está não tem o menor perfil… Mas seu tempo passou! Arrudeia!

      • vaezza disse:

        E ainda disse que aumentaria o numero de 15X para 20X , saiu e nem explicação deu, ficou o dito peço não dito, na sua palavra não da pra acredita marcelo aguiar.

  2. fabricio borges disse:

    Engraçado, ler que o salário dos Prof do GDF, são os mais altos; sendo assim a Ex. Secreária deveria ter falado, dos políciais militares, policiais civis e,demais servidores do GDF, qe possuem salários infinitas vezes superiores se comparados ao restante do Brasil.
    A impressão que se tem é a seguinte: os professores do DF ganham muito bem e reclamam de barriga cheia;
    Ela só não deve saber que:
    1)prof do gdf nao tem plano de saúde;
    2)prof do gdf paga para trabalhar( desc.do auxilio transporte);
    3)prof do Gdf nao almoça( pq se formos fazer as contas, duvido que ela consiga comer com 6 reais por dia;

    Portanto enquanto os prof do GDF nao se unirem, e deixarem de lado os discursos filosoficos e os interesses pessoais, vamos sempre ser tratados, como se não fossemos nada, nao temos força profissional e politica e vamos ficar a vida inteira mendigando e recebendo migalhas,quando estes cidadãos que tanto entendem de educação na capital, continuem usando a SEE/DF como trampolim para carreira política.

    Professores UNião, força e luta para reonhecimento de nossos direitos; a hora é agora, é já!

  3. Marcos Roberto Professor disse:

    Será que o governo Arruda ficará marcado como sendo o melhor governo para a categoria do magistério público do DF, tendo em vista que o nosso plano de carreira foi aprovado em sua gestão. Vendo o discurso dessa nova Secretária de Educação fico preocupado…

  4. Marcos Roberto Professor disse:

    A Digníssima Secretária já está usando o velho discurso, dos governos anteriores, de que os nossos salários são os melhores do Brasil, sem mencionar o alto custo de vida na Capital Federal… É triste…

  5. FABIANA disse:

    WD, Em entrevista para o balanço geral, a secretária de educação Regina Vinhais disse que vai chamar mais uns 200 ou 300 professores concursados de 2010. Você está sabendo se procede a informação? Me dê uma luz, estou muito ansiosa.

  6. Marcos Roberto Professor disse:

    Não mencionou também a discrepância de nossos salários em relação aos recebidos por outras carreiras de nível superior do GDF.

  7. professorLP disse:

    Olá. Após a convocação, faltam 7 pessoas para eu ser convocado para Língua Portuguesa 40 horas. WD e colegas professores, há chance de eu ser convocado e quando isso poderia ocorrer? Obrigado e fico no aguardo da resposta.

  8. FABY disse:

    É a maior contratação de docentes já feita ?????????

    ahhhhhhhhhhhhhhhhhh….

  9. jaqueline (desconvocada) disse:

    “Os professores convocados que não compareceram à solenidade de posse tem 15 dias para se apresentarem à Secretaria de Educação…”
    WD, mas não seriam 25 dias contando a partir da data da publicação no DODF,dia 31 de janeiro e 07 de fevereiro?

  10. Ana Célia disse:

    A maior contratação de professores no DF foi feita pelo governador Arruda. O número de professores contratados agora não chega ao número contratado para área de atividades em 2009. Onde estava você Vinhaes esse tempo todo? Provavelmente não aqui em Brasília.
    A secretária adjunta na época da gestão Arruda e Rosso chegou a dizer que até 2012 já teria contratado todos os professores de atividades do banco de reserva e a grande maioria das demais áreas.

  11. anderson disse:

    Fiz o concurso de 2010 e passei para atividades(1082). Pelo que tenho visto e ouvido dessa secretária e desse governo temo não conseguir ser chamado. E como o Fabricio frisou muito bem tô cheio de ouvir tantas bobagens filosóficas, políticas… etc, etc… e gente querendo fazer dessa situação de desespero para muitos, assim como eu, trampolim político! Cansa………………………………………. e muito!!!!!!!

  12. André disse:

    “A maior contratação de docentes já feita”, essa foi boa… ou melhor, foi ruim! Fica até parecendo que estamos procurando coisas pequenas para criticar, mas… só achamos coisas grandes!

  13. anderson disse:

    Acabou de passar na Record a entrevista com a Secretaria de Educação dizendo que a carência não é mais de 2000 vagas efetivas, mas no máximo 200 vagas e no máximo serão chamados esses 200 ou 300. Ué, ela diz e desdiz. Tá uma bagunça geral.

  14. Leila disse:

    Acompanho este blog e várias reportagens sobre o último concurso. Por qual motivo não é mencionado o número correto de aprovados? Que foi muito maior que 1545 professores?

  15. Maria Célia disse:

    Caras Professoras e caros Professores,
    Todo dia tenho postado aqui críticas a essa Secretária. Ela já está com o mesmo discurso de outros governos e Secretários: temos o maior salário de todos os professores do Brasil. Mas não menciona que é o piro do DF… Acho que ela vai dar muito trabalho… Tô vendo uma greve aí… Tá mais que na hora de mostramos a ela quem é esta Categoria!

    • anderson disse:

      E o pior de tudo isso Maria é que a comunidade ouve isso e num conflito que temos em sala numa reunião de pais ou qualquer outro assunto a comunidade joga isso na cara da gente como já ouvi muitas vezes. É duro!!!!!

  16. Márcio disse:

    Interessante… LOA e LRF não são obstáculos para a contratação, neste ano, de milhares de profissionais da área da saúde. Entretanto, para a área de educação, que precisa de quase 2800 professores, a história é bem diferente. Será que no “NOVO CAMINHO” do governo Agnelo, teremos uma hierarquia de prioridades? E a educação ficará em segundo plano?

    • anderson disse:

      É Marcio se for como as prioridades que o Cristovam teve com os professores no governo dele estamos enrolados!!! E como eu disse anteriormente a secretaria acabou de afirmar que não são 2000 mil vagas efetivas, mas 200. É mole!!!!!!

      • Ana Célia disse:

        Essas 200 vagas efetivas devem ser consideradas somente se a Vinhaes estiver se referindo as escolas classe da Samambaia, pois ô lugar pra ter temporário em vaga de efetivo!

      • Márcio disse:

        Anderson, a Secretaria de Educação está parecendo uma torre de babel! Ninguém se entende. Estão batendo cabeças… triste início de ano letivo.

  17. Ana Célia disse:

    Amanhã, por volta das 18h em frente ao Palácio do Buriti acontecerá uma vigília em prol de mais convocações dos professores aprovados no concurso de 2010. Mexam-se!
    Um número expressivo de manifestantes chama muito mais atenção do governo, da mídia e da sociedade.
    Levem velas e muita disposição.
    Se você passou no concurso de efetivo e se obrigou a trabalhar como temporário e ainda por cima está vendo vários temporários trabalharem em carências efetivas tem um motivo a mais para estar lá!

  18. Luisa Marques disse:

    Cadeia Alimentar.
    Professores

    Você já pensou que estamos em uma cadeia alimentar? Isto mesmo estamos engolindo e sendo engolidos!

    Desde que alguns professores foram aprovados no último concurso, realizado pela Funiversa, os ânimos se acirraram e temos tido alguns choque entre nós que somos profissionais por formação dentro de uma cadeia alimentar.

    Dentro desta cadeia temos.

    1- Professores efetivos.
    2- Professores concursados.
    3- Professores temporários.

    Classifiquei nessa ordem, porque é assim que nós mesmos temos nos classificado, como se houvesse essa hierarquia. E os primeiros da lista são os professores efetivos, e os menores nesta cadeia são os professores temporários, e dentro deste sistema o que impera são os interesses individuais, e não o interesse de uma classe.

    Interesses Individuais.

    1- Professores efetivos – Têm o interesse de ter melhores condições de trabalho, escolas arrumadas, recursos pedagógicos ao alcance e isonomia salarial em comparação aos outros servidores de nível superior.

    2-Professores concursados – O principal interesse é ser chamado pela Secretaria de Educação, tendo como segundo plano os interesse dos professores efetivos, pois só poderá sonhar com a conquista de um cargo efetivo quando, realmente, for efetivado.

    3-Professores temporários- O principal interesse e ser chamado em uma vaga “temporária” (um ano no mínimo), pois não é oportuno ocupar vagas de poucos meses. Mas o principal objetivo é que seja aberto um novo concurso para que este professor seja um concursado, que seja efetivado, que tenha uma escola arrumada, com recursos pedagógicos ao alcance e isonomia salarial aos outros servidores de nível superior.

    Nossos interesses são os mesmos, melhores condições de trabalho e isonomia salarial , mas o sistema tem nos divididos em classes!

    E sem percebemos fazemos parte de uma cadeia alimentar de professores.

    O professor efetivo precisa de melhores condições de trabalho e busca seu reajuste salarial, não participa da luta nem dos concursado e nem dos temporários, porque o orçamento da educação é um bolo que não pode ser fatiado, pois quanto mais fatiado menor será a divisão das partes. (Mas o senhor Secretário de Estado Paulo Tadeu já iniciou essa divisão, apresentou um projeto de lei que garante a destinação do índice de reajuste do Fundo Constitucional para o aumento salarial dos professores e orientadores do DF). Mas ainda nos resta o FUNDEB.
    O professor concursado deseja ser efetivado e trava uma luta, não contra o professor temporário, mas contra a postura de alguns gestores de destinar esses profissionais as vagas direcionadas ao quadro dos professores efetivos. Tal atitude, acaba que por impedir a convocação do profissional aprovado em concurso. Nessa conjuntura em que vivemos, podemos notar que inúmeros professores que foram contratados temporariamente estão entre o quadro dos aprovados no concurso público para cargo efetivo. Esses se veem obrigados a aceitarem o contrato em virtude da dificuldade e morosidade da sua nomeação. Acabam ocupando involuntariamente, na maioria dos casos, cargos efetivos que poderiam ser seus, por direito.

    O professor temporário, não tem outra alternativa a não ser ocupar a vaga que lhe é oferecida, não vendo que esta situação o deixa refém deste sistema, pois ocupando vaga de concursado, este concursado jamais será chamado e como o concurso tem validade de dois anos, serão mais dois anos de sua vida ocupando vagas temporárias. Mas se o concurso realizado em 2010 for prorrogado por mais dois anos, então terá a maravilhosa oportunidade de ficar como temporário por 4 anos.

    E assim e feita a receita da economia: sem concursos menos efetivos, sem efetivos, mais temporários.

    Será que assim a nossa classe se fortalecerá ou enfraquecerá?

    Será que uma classe tão fatiada tem forças para lutar?

    Será que não é hora de organizar o sistema?

    Então, sejamos coerentes:

    a) Primeiro se fortalece a classe, fazendo com que a mesma funcione como deve ser, sem divisões. Somos todos professores!
    b) A regras seria de os efetivos que já estão no sistema fiscalizarem e denunciarem toda a irregularidade na contratação temporária.
    c) Os Professores concursados serão chamados.
    d) Os temporários terão oportunidade de fazer uma nova prova para efetivo. Ou para aqueles que estão entre os aprovados do concurso, terão a oportunidade de ocuparem suas vagas, por direito.

    Será que é um sonho???????

    Crise de identidade.

    3-Quem somos? Somos todos frutos de uma cadeia alimentar, você ocupa uma vaga efetiva e engole a vaga de um aprovado, que ocupa uma vaga temporária e engole sua oportunidade de um novo concurso.

    Quem está no topo dessa cadeia? O Governo que nos engole.

    Você vai ficar ai engolindo e sendo engolindo?
    Nós precisamos digerir melhor esta situação.

    QUEM TEM QUE MORALIZAR A EDUCAÇÃO SOMOS NÓS, OS PROFESSORES!

  19. Luisa Marques disse:

    VIGÍLIA
    Vigília amanhã 15/02/2010 – em frente ao Buriti a partir das 18:30.

    Levem…

    Velas
    disposição.
    CONTO COM TODOS OS PROFESSORES, EFETIVOS,CONVOCADOS, DESCONVOCADOS, E NEM CONVOCADOS.

  20. Maria Celia disse:

    Vamos à vigília e FORA REGINA!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 14.598 outros seguidores