Notas & Chamadas

18/11/2011

TEMPORÁRIOS

Hoje a Comissão de Negociação do Sinpro cobrou da SEDF um posicionamento oficial sobre o que será feito no caso dos professores com contrato temporário. É que nas reuniões os representantes da Secretaria afirmam que vai haver processo seletivo. Porém, oficialmente, a Secretaria nada afirma e isso vem causando um desconforto muito grande nos mais de 6000 professores que aguardam um posicionamento para que possam planejar o próximo período.

A SEDF ficou de publicizar uma decisão, mas não adiantou qual será.

O CASO DOS SUPERVISORES

Na Secretaria de Educação o clima é de reabrir a discussão sobre a reestruturação nas escolas e DREs. As críticas foram pesadas e pelo jeito querem evitar um novo embate como o da semana passada.

MANDATOS DOS DIRETORES

Nas escolas a rádio corredor está operando em volume máximo. A notícia que corre é que os atuais diretores de escola serão exonerados em janeiro. Na SEDF, porém, ninguém fala no assunto publicamente. Entre comentários nos corredores das escolas, das DREs e da SEDF as “antenas” deste Blog captaram o seguinte:

1 – Há três grupos de pensamento: os que defendem a exoneração, os que são contra a exoneração e os que acham que não precisará de exoneração pelo simples fato de que em 1º de janeiro o mandato da maioria dos atuais diretores encerrará.

2 – Dentro do Governo este assunto está sendo avaliado levando em consideração vários aspectos, entre outros: a conveniência política, já que presumidamente o desgaste será grande; a conveniência administrativa, já que com uma operação dessa será complicado encontrar substitutos justamente quando a categoria está em férias e o ano letivo prestes a começar.

De certo mesmo a única coisa que podemos afirmar é que este Blog terá muitas notícias pela frente.

 


SEDF vai corrigir portaria

18/11/2011

Este Blog foi o primeiro a registrar (aqui): A Secretaria de Educação publicou uma portaria reduzindo o número, previsto no Plano de Carreira, de afastamento remunerados para estudos. O Plano prevê 1% do total de professores e orientadores ativos. Já pela portaria somente 164 seriam liberados em 2012.

Após a reclamação e a cobrança feita pelo Sinpro, hoje a SEDF garantiu que vai corrigir a portaria publicada anteriormente garantindo o que está previsto no Plano de Carreira.


[fala visitante] Avaliação sobre a luta da categoria

18/11/2011

Por: Franco*

Fui diretor do SINPRO por três mandatos, de 92 à 2001. Discordo veementemente dos encaminhamentos dados pela diretoria, visto que prova cabal que erramos no Governo Arruda, no Governo Roriz e agora no Governo Agnelo. Os médicos tiveram em outubro agora, mais uma etapa da incorporação da Gratificação de Atividade Médica, de forma que um médico em final de carreira está recebendo R$ 18.000,00 líquidos. Vou repetir: líquidos, ou seja, canto inferior direito do contracheque, ou ainda, o que é efetivamente depositado em conta bancária. Tenho vários amigos meus que são médicos e que frequentam a minha casa. Pessoalmente tive acesso aos contracheques.

Defendi no início do ano em Assembléia Geral no Mané Garrincha a recusa do parcelamento do “reajuste” salarial. Atè porque não repõem nem a inflação. Não adianta ficar negociando migalhas. Defendo que o sindicato tem que ser apartidário. Não interessa quem esteja de plantão no Buriti. Os interesses da categoria estão acima destas questões. Tanto é fato que como diretor do Sinpro fizemos uma greve de 92 dias em pleno Governo Cristovam.

Reparem que 10% em cima de R$ 18.000,00 é R$ 1.800,00. Para que o professor receba os mesmos R$ 1.800,00 de aumento, tem que ter um reajuste de aproximadamente 33%. Conclusão: a diferença só vai aumentar, caso não tenhamos um embate forte com o Governo. Isto deveria ter acontecido no início do ano e não no apagar das luzes.

O que temos que entender é que existem governos pelegos de direita e estes assumem suas ideologias e existem governos pelegos de esquerda que nada mais são do que travestidos de esquerda porque cumprem o mesmo papel de outros governos, ou seja, são piores ainda…

Por fim, quero parabenizá-lo pelo blog que infelizmente por um lado informa a categoria melhor do que o site do sindicato.
Um abraço a todos.

*Professor da SEDF e ex-diretor do Sinpro


Notas & Chamadas

18/11/2011

MENOS 3 MILHÕES

No Diário Oficial desta quinta-feira, 17, está registrado: o GDF cancelou mais 3 milhões do Orçamento da Educação. É claro que isso é um indicador do nível de compromisso do Governo com a área.

CONTRATO TEMPORÁRIO

Toda vez que alguém do Sinpro questiona a resposta do Governo é sempre a mesma: vai ter um novo processo de seleção para contrato temporário. O problema é que quando os professores entram em contato com as DREs e a SEDF a resposta é sempre que nada ainda está confirmado. O resultado é que a Secretaria de Educação mais uma vez deixa milhares de pessoas sem esta importantes informação.

Agora o Blog pergunta: Por que a Subsecretária de Gestão de Pessoas da SEDF não faz uma pequena nota no site da Secretaria esclarecendo esta dúvida? Não custa nada fazer isso e e diminuir um pouco a pressão que a Secretaria sofre por causa da ineficiência na comunicação com a categoria, alunos e comunidade.

CONTRATO II

Não está confirmado mas corre a informação de que a Governista na Câmara Legislativa está ressuscitando o famigerado sistema de pagamento de professores temporário por hora aula. Ou seja: é o Governo reavivando um dos mais emblemáticos e repugnantes projetos do Governo Arruda.

E este Blog garante: quem assinar este projeto e votar a favor vai ter o nome e a foto divulgada aqui, independente do partido.

SUJEITO OCULTO

Quem nunca deus as caras mesmo foi o “novo projeto pedagógico”. Até setembro o argumento era que a proposta estava sendo discutida com a categoria. Agora afirmam que estão organizando os dados, sistematizando as propostas, preparando a apresentação e, o principal, estão escolhendo o nome. Nesta última etapa uns estão defendendo que o projeto mantenha o nome inicialmente sugerido: Escola do Cerrado. Outros querem resgatar o nome de Escola Candanga. Na categoria, porém, já há quem defenda registrar o provável “novo projeto pedagógico” de Sujeito Oculto!


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 13.968 outros seguidores