Pela ampliação do cadastro reserva do concurso da SEDF/2013

30/10/2014

No dia 1º de Janeiro de 2015 o novo Governador eleito assumirá o comando da administração pública do Distrito Federal. Este dia, que deveria ser de muitas comemorações dos vitoriosos, na verdade será o início da difícil tarefa de administrar a máquina pública local.

Entre os inúmeros problemas que exigirão do novo gestor uma resposta imediata, destaca-se a necessidade de contratação de professores para atender a demanda imediata das escolas e, também, para garantir os projetos amplamente prometidos durante o período eleitoral.

Para isso, além de recursos orçamentários, o administrador terá que ter à sua disposição um cadastro de professores aprovados em concurso. Ocorre que o Governador encontrará um concurso em vigência há menos de um ano, mas com o cadastro reserva zerado em diversas áreas.

Diante disso, o que fazer?

Realizar um novo certame ou aproveitar o cadastro de aprovados na prova objetiva do concurso de 2013?

A opção de realizar um novo concurso, considerando os diversos problemas do certame de 2013 e as mudanças provenientes da troca de Governo, será de difícil concretização, impossibilitando o preenchimento das carências de professores concursados no ano letivo de 2015. Neste caso, a sociedade testemunhará milhares de alunos sem aula por falta de professor ou o número de contratação temporária baterá níveis históricos.

Porém, a decisão mais correta a meu ver é o aproveitamento do cadastro gerado com todos aqueles que conseguiram superar a nota mínima de corte da prova objetiva do concurso realizado em 2013. Este concurso está em plena vigência e seu aproveitamento só depende da decisão política e administrativa do Governo.

É claro que os oponentes desta tese sempre usam argumentos jurídicos e administrativos para combatê-la. Ocorre que teremos um início de ano letivo turbulento, com uma previsível e enorme necessidade de professores efetivos. Ou seja: aproveitar os aprovados na fase objetiva do citado concurso não é uma questão de atender interesses dos que participaram do processo e querem a oportunidade da nomeação, mas garantir o direito fundamental à educação que nossas crianças tanto merecem.

.

Washington Dourado


Rollemberg ouvirá Cristovam em assuntos da Educação

30/10/2014

 

 

O Correio Braziliense, na edição desta quinta-feira, destacou que o Governador eleito Rodrigo Rollemberg antecipou que o Senador Cristovam Buarque será seu principal conselheiro para a área da Educação.

Nos bastidores o comentário é que o nome do futuro Secretário ou Secretária de Educação será indicado pelo PDT, do Cristovam e Reguffe.

.

Washington Dourado


Seminário de Neurociências e Educação

30/10/2014

O evento é organizado pela equipe de Orientadores Educacionais de Sobradinho, mas aberto para todas as regionais.

image


Quem vai comandar a Secretaria de Educação do DF?

29/10/2014

No processo de composição do Governo Rollemberg, uma das decisões mais aguardadas é sobre quem vai comandar a Secretaria de Educação.

Pela lógica política, espera-se que esta seja uma indicação do Cristovam e Reguffe, uma vez que a principal bandeira do PDT é justamente a educação.  Outros apostam que virá da UnB o nome escolhido.

.

E aí, em quem você aposta que será o Secretário ou Secretária de Educação do Governo que inicia em primeiro de janeiro?


Sobre o resultado do processo seletivo para professor substituto da SEDF

28/10/2014

A Secretária Adjunta de Administração, Jackeline Aguiar, afirmou hoje que o resultado do processo seletivo para professor substituto da Secretaria de Educação será divulgado até sexta-feira.

Vamos aguardar.

Postarei aqui as novidades.

.

Washington Dourado


12.209 inscritos no concurso para Orientador Educacional da SEDF

28/10/2014

A SEAP confirmou o número de concorrentes que disputarão as vagas do concurso para Orientador Educacional da Secretaria de Educação: 12.209 inscritos.

Já a proposta de ampliação do cadastro reserva deste certame ainda está em discussão.

.

Washington Dourado


Protesto pelo pagamento dos acertos financeiros dos professores aposentados

28/10/2014

Hoje já fizemos protesto no Buriti pelo pagamentos dos acertos financeiros dos professores aposentados no segundo semestre deste ano. A dívida do GDF com estes colegas chega a 12 milhões.

A tarde a movimentação continua e a Comissão de Negociação do Sinpro será recebida pelo Secretário de Administração, Wilmar Lacerda.


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 14.749 outros seguidores