Convocação de professores concursados confirmada

10/06/2014

Nesta tarde o GDF confirmou a realização do ato de assinatura da convocação de professores aprovados no concurso de 2010 e 2013. O ato será amanhã, quarta-feira, às 15 horas, no Buriti.

O número de convocados não foi divulgado, mas nos bastidores a informação que corre é que será um número considerável.

O evento será aberto e todos estão convidados a participar.

Local: Palácio do Buriti

Hora: 15h

Data: 11/06 quarta-feira

 


Concurso homologado, agora a luta é pelas nomeações!

02/06/2014

 

Em reunião realizada com o Sinpro na tarde desta segunda-feira, 2 de junho, o Governador Agnelo assinou a homologação do concurso para professor da Secretaria de Educação realizado em 2013. A publicação ocorrerá no Diário Oficial desta terça-feira.

Cobrado pela Diretoria do Sinpro, o Governador afirmou que a equipe técnica está analisando as carências e o orçamento disponível e nos próximos dias será anunciado a convocação de aprovado tanto no concurso de 2010, quanto no certame de 2013. Entretanto, o Governador não adiantou o número de convocados.

O fato é que agora a homologação já está concretizada, agora a luta é pela nomeação de uma quantidade suficiente para preencher as carências existente nas escolas públicas do DF. Quem sabe teremos 3.000 convocados, como sugeriu o Secretário de Educação na reunião da semana passada com a Comissão dos Aprovados…

.

Washington Dourado


Para Eliana Pedrosa e Comissão Marcelo Aguiar promete 3000 novos professores

30/05/2014

Foto de elianapedrosa I

Em reunião realizada nesta manhã o Secretário de Educação, Marcelo Aguiar, garantiu para a Deputada Eliana Pedrosa e a Comissão de Aprovados a convocação de 3.000 professores nos próximos dias.

Na verdade foi a antecipação de uma notícia que seria feita pelo Governador na próxima semana. Agora é continuar pressionando para que não aconteça como em 2011 que convocaram 1.545 e depois voltaram atrás, promovendo um dos maiores desgastes deste Governo.


O que o GDF está escondendo sobre a homologação do concurso da SEDF?

30/05/2014

Está muito difícil entender os motivos pelos quais o Governo do Distrito Federal está protelando a homologação do concurso para professor da Secretaria de Educação realizado em 2013. Mas o pior é a falta de informação e de expectativa de solução do problema.

Enquanto isso temos um altíssimo número de alunos sem aula e sem ver um posicionamento público do Secretário de Educação sobre o assunto.

A verdade é que já tivemos paciência demais. Eu mesmo já pedi calma para os concursados que estão cada vez mais ansiosos, porém, diante da inépcia dos nossos gestores, penso que mais uma vez teremos que ir para a porta do Buriti cobrar diretamente do Governador uma explicação sobre o caso.

O que o GDF está escondendo sobre a homologação deste concurso?

.

Washington Dourado


Sobre a pressão pela homologação do concurso da SEDF/2013

27/05/2014

Pessoal,

Sei que tem muita gente ansiosa pela homologação do concurso da SEDF/2013, mas vou ser muito sincero com vocês:

- Depois de tantos problemas ocorridos neste concurso e de algumas pessoas ainda desejarem o surgimento de situações que justifique o cancelamento do certame, algo que sou absolutamente contra, prefiro deixar que o GDF e o IBFC use o tempo necessário para resolver tudo do que promover atos e manifestações exigindo a homologação imediata. 

- O concurso já foi feito, vai ser homologado, a carência de professores é grande e logo teremos nomeações. Então, sinceramente, acho desnecessário esta pressão que alguns querem fazer. 

- Vamos aguardar a homologação no tempo necessário e assim que for publicada, vamos usar toda esta energia para exigir nomeação. É o melhor caminho, tenho certeza! 

.

Washington Dourado


Posicionamento sobre a proposta de aumento do banco de reserva do concurso SEDF/2013

24/01/2014

Como já deixei bem claro, meu compromisso é fazer a luta com transparência, mesmo que agrade ou contrarie alguém. Por isso, depois de alguns estudos e algumas conversas, sobre esta proposta de reivindicar o aumento do banco de reserva do concurso para professor da Secretaria de Educação realizado no final de 2013 eu cheguei à seguinte conclusão:

- Uma eventual mudança no edital agora pode sim prejudicar quem neste momento alcançou nota melhor e, de acordo com os critérios atualmente previstos no edital, ter sua nomeação prejudicada. Isso por que ainda há uma fase classificatória e caso fosse feito um aumento no banco de reserva de 5 para 6, 7, 8, 10,15, 20 vezes o número de vagas previstas, é fato que aquele que hoje está dentro da margem de 5 vezes, por causa dos títulos, poderia cair para uma posição inferior, diminuindo assim as suas chances de nomeação dentro do período de validade do certame.

- Além disso, não há no meio jurídico um entendimento majoritário quanto a possibilidade de mudança do edital para ampliar o banco de reserva. Aqui no DF, por enquanto, não identifiquei nenhum dispositivo legal que possibilite tal alteração. 

- Uma mudança, portanto, levaria a vários questionamentos jurídicos, colocando em risco a validade do certame. É claro que entendo e sou solidário a quem de alguma forma se sente prejudicado ou não conseguiu nota suficiente e quer ter alguma chance também, mas não posso contribuir para colocar em risco a conquista de quem até aqui conseguiu estar entre os poucos mais de 4000 que integrantes do banco de reserva.

Por fim, declaro que só aceitarei discutir algum aumento no banco de reserva depois que acontecer a fase classificatória nos moldes do previsto no edital atualmente. Como nos próximos dias sairá uma lista dos 23000 participantes que conseguiram superar a nota de corte, penso que é possível o Governo ampliar o banco de reserva, caso antes do fim do prazo da vigência do certame todos os que foram aprovados dentro da margem de 5 vezes sejam nomeados e ainda haja carências nas escolas públicas.

Para ser muito transparente, é esse o meu posicionamento. Como já falei, não vou vender falsas ilusões!

Aliás, a certeza que tenho neste momento é que ao longo da vigência do certame vamos lutar duro para garantir a nomeação dos aprovados e muito mais. Foi assim que de forma inédita conseguimos até o momento chegar perto de zerar o banco de reserva de 2010.

.

Washington Dourado

Eu entendo a angústia de quem quer entrar, mas não vou apoiar algo que até aqui foi conquistado por mais ou menos 4000 participantes.


Comentários sobre o concurso SEDF/20103

21/01/2014

1º – Tem gente comemorando antes da hora. A lista final de aprovados no concurso da SEDF/2013 só será conhecida depois de avaliada todos os recursos. O que foi divulgado ontem foi uma lista PARCIAL. Então, isso quer dizer que ainda é possível ocorrerem mudanças nesta lista sim.

2º – E o ranking final para efeito de convocação só será conhecido depois da fase classificatória. Ou seja: pode ser que alguém passou em primeiro agora, não apresente títulos e no ranking final fique nas últimas posições. Ou então pode acontecer de alguém que ficou mais embaixo agora, apresente títulos e fique no ranking final num posicionamento melhor.

3º – Até o dia 2 de fevereiro está aberta a fase de recurso ao “resultado preliminar da prova objetiva, desde que se refira a erro de cálculo da nota“. Veja no Edital item 11.1, letra C. Clique aqui e acesse a página para apresentação deste recurso.

4º – Em 2010 o edital previa um banco de reserva de 15 vezes o número de vagas previstas. Observe bem, o edital já previa este número. Mesmo assim tentamos aumentar este banco de reserva para 20 vezes. Isso chegou até a ser prometido ao Sinpro pelo Governo. Entretanto, logo eles recuaram da posição, pois na época foi feita uma avaliação e chegaram à conclusão de que uma mudança como essa fragilizaria todo o certame.

Na verdade, teve até briga de muitos que foram bem classificados contra quem não foi e queria o aumento do banco de reserva. Os primeiros com medo de cancelamento do certame foram contra qualquer mudança no edital.

5º – Mais uma vez estamos diante do mesmo dilema e eu só vou me posicionar depois que nosso jurídico avaliar muito bem esta questão.

6º – Na avaliação dos integrantes do Governo neste concurso de 2013 o banco de reserva terá mais de 4000 professores. Isso por que teremos 5 vezes este número de vagas previstas no edital, ou seja, 804 vagas.

7º – Tenho visto na internet um monte de informações e posicionamentos que beiram a má fé. É preciso ter muito cuidado, pois o que não falta é espertalhão querendo aproveitar da situação.

Vejo que muita gente não leu o edital e está por aí defendendo um monte de coisas sem nexo. Pessoal, estes concurso tem edital, que bom ou ruim está aí para ser cumprido. Por exemplo: vi há pouco uma proposta de mudar a regra de classificação. Isso é impossível! Pois no edital já está bem claro como isso deve ser feito, inclusive a pontuação referente aos títulos.

.

Washington Dourado


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 14.600 outros seguidores