Informes do dia [31/01/2012]

31/01/2012

PORTARIA DE DISTRIBUIÇÃO DE TURMAS

Até o final desta tarde a portaria de distribuição de turmas que valerá para 2012 ainda não tinha sido concluída pela SEDF. A expectativa é que até sexta o novo texto seja publicado.

CONTRATO TEMPORÁRIO

As DREs já estão fazendo contato com os professores que atuarão no contrato temporário neste ano letivo. É claro que ainda tem muitas dúvidas entre os professores, entretanto a própria estrutura de comunicação da SEDF não utiliza o site oficial para prestar esclarecimentos.

DECRETÃO

O GDF ainda não publicou o DECRETÃO que suspenderá nomeações de concursados e reajustes salariais. A expectativa é que o tal decreto seria publicado ontem, segunda-feira, mas como até agora nada. Quem sabe não mudaram de ideia?

MUTIRÃO

Pelo jeito neste ano não aconteceu aqueles mutirões de pequenas reformas e reparos nas escolas públicas antes de iniciar o novo ano letivo. Dessa vez vai ficar só naquela limpeza básica.

Anúncios

Aviso do Moderador!

31/01/2012

1º – Comentários em CAIXA ALTA não são aceitos;

2º – Comentários depreciativos citando o nome de pessoas ou do sindicato serão APAGADOS;

3º – Comentários com termos agressivos não serão aceitos também;

4º – Quem se sentir atingido por algum comentários que por ventura seja publicado aqui, basta registrar ocorrência e me avisar que colaboro com a identificação do autor do citado comentário;

5º – Este não é um blog para quem tem coragem de falar desde que esteja escondido em codinomes ou apelidos. Este é um espaço para um debate aberto, franco, com avaliações elogiosas ou críticas ao autor do blog, ao sindicato, ao Governo, aos colegas ou a quem quer que seja, mas desde que não ultrapasse o limite da civilidade e respeito. 

Toda vez que julgar necessário, vou APAGAR o comentário inadequado. É isso! 

Washington Dourado 


CONTAGEM REGRESSIVA

31/01/2012

FONTE: Jornal de Brasília

Dirigentes do Sindicato dos professores (Sinpro) começam, a partir da próxima quinta-feira, um ciclo de reuniões com professores das escolas públicas do DF. Vão levar a mensagem da necessidade de mobilização da categoria para a assembleia do dia 8 de março, quando o indicativo de greve será colocado sob avaliação e deliberação do segmento. Os sindicalistas também vão pedir ajuda para a distribuição do material publicitário a respeito da Contagem Regressiva preparado pelo sindicato. A ideia é que o material esteja nas escolas no dia 8 de fevereiro, início do ano letivo, esperando a chegada da comunidade.

 


A Gestão Democrática e o mais novo equívoco do GDF

30/01/2012

Mais cedo o Governo do Distrito Federal tinha enviado ao Sinpro um convite para participar do evento de sanção da Lei da Gestão Democrática. O convite foi até postado aqui neste blog. Já no meio da tarde desta segunda-feira o Governo cancelou o convite feito ao Sinpro e ao SAE. Agora dizem que será um ato fechado, sem a participação dos vários segmentos que atuam na Rede Pública de Ensino.

Esta é mais uma atitude que demonstra o afastamento da atual gestão do DF dos movimentos sociais, estudantis e sindicais. A Gestão Democrática não é fruto de promessa apenas deste Governo, na verdade é resultado de anos de luta dos sindicatos, grêmios e vários outros segmentos. Esta era para ser um momento de grande festa para todos aqueles que sempre defenderam a democratização na gestão das escolas públicas, mas o Governador preferiu transformar num evento de “comadres”!


Informes do dia [30/01/2012]

30/01/2012

DISTRIBUIÇÃO DE TURMAS

A expectativa é que a portaria de distribuição de turmas que valerá para 2012 será publicada nesta semana. O dia ainda não está confirmado.

GESTÃO DEMOCRÁTICA

A Lei da Gestão Democrática ainda não foi sancionada pelo Governador. Também não foi divulgado quando este ato será realizado.

NOMEAÇÕES CANCELADAS

Como informa o Correio Braziliense o Governo do Distrito Federal cancelou qualquer possibilidade de nomeação de servidores concursados. Isso inclui os professores e pessoal da Carreira de Assitência. É claro que esta medida extrema trará efeitos muito negativos nas escolas públicas do DF.

O GDF está justificando estas medidas pela suposta ultrapassagem dos gastos com pessoal do limite prudencial das Lei de Responsabilidade Fiscal.

CONTRATO INDEFINIDO

A SEDF ainda não anunciou como será a forma de pagamentos dos professores com contrato temporários em 2012. O certo é que a Lei da Gestão Democrática revogou a Lei da Gestão Compartilhada, que previa a forma horista de pagamento deste professores. Até agora a atual gestão não decidiu como  será feito.


DF: laptops estão sem uso em escola por falta de infraestrutura

30/01/2012

FONTE: Porta Terra

A direção do Centro de Ensino 10 da Ceilândia, cidade da periferia de Brasília (DF), ficou animada quando soube que a escola tinha sido escolhida para participar do programa Um Computador por Aluno (UCA), do governo federal. A expectativa era que os laptops que seriam distribuídos para cada um dos 470 estudantes de ensino fundamental pudessem mudar o dia a dia em sala de aula. Mas o equipamento que tinha potencial para transformar o projeto pedagógico se tornou mero coadjuvante em função das dificuldades estruturais. A internet é muito lenta e não suporta um grande número de acessos simultâneos. Por isso as turmas precisam fazer um “rodízio” e os computadores passam a maior parte do tempo trancados dentro do armário. Em algumas turmas os alunos só usam a máquina uma vez por semana.

Além da internet lenta, outra falha estrutural dificulta a utilização dos laptops: faltam armários nas salas de aula para guardar os equipamentos. No projeto original, cada sala seria equipada com armários específicos para acomodar os computadores. Mas os móveis nunca chegaram e, por isso, a escola armazena quase metade dos equipamentos recebidos em um armário que fica no laboratório e tem cadeados para garantir que os aparelhos não sejam furtados. Com isso, as máquinas que eram para ser de uso individual são dividas pelas turmas do turno da manhã e da tarde.

Clique aqui  e leia mais


GDF promete reajuste ZERO para os servidores

30/01/2012

Hoje no Correio Braziliense tem uma matéria cheia de inverdades e tendenciosa afirmando ganhos que os professores e servidores não tiveram e por cima ainda abre espaço para anunciar que o Governo do Distrito Federal vai dar reajuste ZERO em 2012. O Engraçado é que na mesma matéria o jornal ainda anuncia um superávit de mais de 700 milhões.

Agora eu só quero é ver como o movimento sindical do DF vai reagir. Da minha parte é Greve Geral!

Leia aqui a matéria do Correio

Washington Dourado


%d blogueiros gostam disto: