GDF retirou hoje 177 milhões da Educação e transferiu para outras Secretarias

31/08/2012

Hoje saiu a Lei 4.933 de autoria do poder executivo, retirando a “baguatela” de R$ 177.000.000,00. Isso mesmo! Cento e setenta e sete milhões da Secretaria de Educação (páginas 1 a 3 DODF). O recurso foi transferido para outas finalidades, enquanto isso a merenda escolar continua de péssima qualidade e diretores de escola se humilham na porta dos comércios para comprar fiado, já que o Governo não faz o repasse do PDAF de forma regular.

Cancelou da Educação:

R$ 6.000.000,00 – manutenção dos serviços administrativos

R$ 80.000.000,00 – pagamento de profissionais do ensino fundamental

R$ 70.000.000,00 – pagamento de profissionais do ensino médio

R$ 7.000.000,00 – manutenção da educação de jovens e adultos

R$ 14.000.000,00 – alimentação escolar para alunos da educação de jovens e adultos

Suplementou:

R$ 150.000.000,00 – pagamento de inativos e pensionaistas do Distrito Federal (são aposentados do carreirão – sem saúde, educação e segurança)

R$ 27.000.000,00 – administração de pessoal da Secretaria de Saúde (folha de pagamento da secretaria de saúde, possivelmente para bancar as novas contratações)

Que vergonha! Definitivamente este Governo não tem um projeto de valorização da educação pública do Distrito Federal.

.

Washington Dourado

.

OBS: Agradeço ao Adamastor, leitor do blog, que ajuda no levantamento dos dados junto ao DODF. 

Anúncios

E agora Agnelo, vai copiar a Dilma?

30/08/2012

Durante o ano de 2012 o Governador Agnelo se esquivou da responsabilidade de participar das negociações salariais com as categorias e nem mesmo esboçou uma proposta concreta de valorização salarial dos servidores públicos do GDF. No caso dos professores, ficou longe de cumprir o acordado durante a campanha eleitoral.

Nos bastidores o argumento político do Governador para não atender o pleito dos servidores locais era de não constranger a Presidenta Dilma com antecipação de reajustes às categorias daqui, enquanto ela não chegasse a um acordo com os trabalhadores da esfera Federal. E este argumento foi muito utilizado contra os professores, uma vez que o Governo Agnelo argumentava sempre que se reajustasse o salário dos professores em 2012 o mesmo teria que ser feito para as outras categorias.

Agora a Presidenta Dilma está concluindo a negociação com os servidores e garantindo um tratamento diferenciado para os professores. Para os servidores federais a Presidenta ofereceu 15% divididos em 3 parcelas anuais, para os professores o reajuste foi de 25 a 45%.

E agora Governador Agnelo? Vai copiar a Presidente Dilma e dar um tratamento diferenciado aos professores do DF?

.

Washington Dourado


Resultado preliminar das eleições para gestores

30/08/2012

FONTE: SEDF

A Comissão Eleitoral Central divulga o resultado preliminar das eleições para consulta.O resultado final será disponibilizado até as 18h, do dia 29 de agosto, nos sites da SEDF, SINPRO e SAE.

 


Solicitação urgente!

30/08/2012

Pessoal,

A escola que você trabalha está faltando professor?  Em qual escola e disciplina?

É urgente. É para reportagem do DFTV.


Sobre as nomeações de novos professores

30/08/2012

Prezados colegas aprovados no concurso da SEDF e que aguardam nomeação,

A constatação que faço neste momento é a seguinte:

O atual comando da Secretaria de Educação “vendeu” a ideia junto ao núcleo duro do Governo de que resolveria o problema da falta de professores apenas com remanejamentos, restruturação das CREs e equipes gestoras das escolas, reconvocação dos cedidos a outros órgãos e nomeação apenas para substituir os aposentados. Só isso explica a falta de empenho da atual equipe gestora da SEDF no convencimento do Governador de que todos os dias milhares de alunos ficam sem aula. Enquanto isso, na Saúde, o Secretário conseguiu nomear quase 7000 mil novos servidores.

Ou seja: minha impressão é que a falta de empenho da SEDF pela nomeação de novos professores é uma opção política. Opção equivocada, claro!

É uma vergonha, mas é isso! Ou então é de fato aquilo que sempre denuncio aqui: o Governador Agnelo não prioriza a Educação.

.

Washington Dourado


Solicitação de informações

29/08/2012

Pessoal,

Um grande jornal do DF está fazendo uma reportagem sobre problemas relacionados a usuários e traficantes de drogas nas proximidades das escolas públicas e privadas.  Se onde você atua existe algum tipo de problema assim, favor enviar informações para o email do blog: blogdowd@gmail.com

É importante denunciar estas situações para que as autoridades tomem as providências.

 


Dilma sanciona lei que cria cotas em universidades federais

29/08/2012

 

A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta quarta-feira (29) o texto da lei que reserva metade das vagas em universidades e escolas técnicas federais a estudantes que cursaram todo o ensino médio em colégios públicos.

Elas serão prioritariamente preenchidas por alunos negros e indígenas, seguindo a proporção dessa população em cada Estado. Além disso, das vagas reservadas, 50% serão destinadas a alunos de escolas públicas que tenham renda per capita familiar de até R$ 933.

Já para o próximo processo seletivo, afirma o MEC (Ministério da Educação) 12,5% das vagas precisarão estar reservadas. O próximo Sisu (Sistema de Seleção Unificada) já levará em conta o critério. As universidades terão até 2016 para implantar a nova regra.

Em setembro, segundo o ministro Aloizio Mercadante, deve sair a regulamentação do texto.

Foi vetado o ponto que determinava o uso das médias dos alunos, o chamado coeficiente de rendimento, como um dos métodos de acesso à universidade.  Mercadante anunciou na semana passada que Dilma vetaria o artigo. O critério de seleção será o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

“Nada adianta eu manter uma universidade fechada e manter a população afastada em nome da meritocracia. Também de nada adianta eu abrir universidade e não preservar a meritocracia”, afirmou Dilma.

FONTE: UOL


%d blogueiros gostam disto: