Projeto do CEF 11 do Gama saiu no blog e foi parar no Correio Braziliense

Lembram do Projeto Cobras da Matemática desenvolvido no CEF 11 do Gama divulgado neste blog? Pois é, hoje ganhou uma página no Correio Braziliense.

Após a divulgação neste espaço a jornalista entrou em contato e fez uma boa matéria. O resultado é que mais alunos estarão motivados para ser uma “cobra da matemática”. Enquanto isso o professor João Rosa estará mais feliz com o resultado do seu trabalho, o que reflete também na melhoria da própria imagem da escola junto à comunidade.

Eu continuo firme na posição de que nosso foco é cobrar do Governo melhores condições de salário e trabalho. Mas penso que lutar pela melhoria da educação pública é uma tarefa de todos nós e divulgar coisas boas que acontecem nas escolas fortalece e muito nesta tarefa.

Parabéns ao CEF 11 do Gama, seus alunos e profissionais. Parabéns ao professor João Rosa que aos 30 anos de trabalho mantém o mesmo pique dos anos iniciais.

.

Washington Dourado

Anúncios

10 Responses to Projeto do CEF 11 do Gama saiu no blog e foi parar no Correio Braziliense

  1. Jose AB disse:

    no mesmo jornal tem uma entrevista com Gustavo Ioschepe que bate nos professores, na escola, nos sindicatos,no governo na qualidade do professor, enfim bate para todo lado parece uma batalha de MMA.
    O que fazer com essas pessoas que querem anarquizar a educação para ai filtrar o sistema??
    O que é bom para a Finlândia ou dá certo para 200 alunos não pode servir de parâmetro para 600000 alunos só da rede pública do DF.
    O que pode dar certo é professores como esse do Gama que é cobra no conteúdo que ministra Matemática e que raciocina como aplicar esse conhecimento em sala para promover a aprendizagem.
    Ensinar é simples! Mas parece que o Brasil quer criar um nô onde ele não existe e tornar essa questão complexa e intangível.
    Seria lobby das escolas particulares?
    Má fé das faculdades de educação?
    Comodidade que as atuais inconsistências dão aos pais e alunos( bolsas, catões, cotas)?
    Eu vi o estado de bem estar social nascer com Sarney, virar bolsa com FHC e cota com Lula.
    O Joaquim Barbosa é a prova que o esforço pessoal vale mais que essas ofertas na vida das pessoas.
    Agora quero ver esse país se tornar um lugar sério onde o as instituições funcionem e a honestidade seja um valor a ser perseguido pelas pessoas mais que futebol, cerveja e tentativas de aparecer a qualquer preço!

    Curtir

  2. ranazziela disse:

    É isso ai João Rosa parabéns!!! Com criatividade o ensino fica mais fácil e a vontade de aprender também aumenta.

    Curtir

  3. Jackson Barreiros disse:

    Meus parabéns. São projetos como este que fazem a diferença nas escolas públicas. Vamos disseminar a ideia. Vamos publicar mais ideias. Vamos compartilhar.

    Concordo com José AB, o exemplo de Barbosa deveria ser ais divulgado. Quero uma escola que incentive o mérito. A competição e a cooperação.

    Sobre Gustavo Ioschpe, o economista em questão possui uma coluna na Veja, no qual diz que os professores não precisam ter conhecimento aprofundado por ensinarem apenas o básico. Também é contra aumentos salariais para a categoria. Evidente que o bom professor faz o seu trabalho independentemente de salário, mas a porta da rua oferece outras dezenas de profissões mais simples em seu cotidiano e com melhores remunerações. Enquanto a Finlândia utiliza alguns de seus melhores profissionais nas escolas, o Brasil permite que parte da sua elite intelectual realize concursos públicos para trabalhos que exigem pouco conhecimento acadêmico.

    Trata a educação por números, tem objetivos políticos evidentes.É um economista mimadinho que estou fora do país. Entretanto, Ioschpe participa de algumas das mais importantes organizações não-governamentais brasileiras ligadas à área da educação. Precisamos ficar de olho!

    Curtir

    • Jose AB disse:

      Obrigado amigo por acabar de completar a ficha corrida desse cidadão.
      Tenho o desprazer de ler na revista Veja alguns de seus artigos nos depreciando.
      Já mandei emails ao referido cidadão mas ele nunca responde as minhas indagações e ponderações.
      Acho que ele é do tipo que acredita que as pessoas podem ser programadas como um computador, esse seu determinismo pouco científico me preocupa pois pode estar sendo um norte para milhares de pessoas que leem seus artigos e se baseiam neles para educar as crianças.
      Acredito em pesquisas e projetos sérios não em pasquim de 5ª categoria de gente que não produz nada!!!

      Curtir

  4. André disse:

    Ao amigo e profissional João Rosa, meus parabéns!!!!!!!!!!

    Curtir

  5. Simone Melo disse:

    Olá, WD. É muito importante para a escola pública do DF que iniciativas como essa que você promove se tornem visíveis para a população do DF nos jornais de circulação de Brasilia. É importante para que a população perceba a qualidade da educação que os professores oferecem aos seus alunos e por que lutamos pela nossa categoria e pelo nosso reconhecimento como pessoa e como profissional. Sempre vejo seus posts sobre trabalhos maravilhosos de outras escolas e sei que todos aqueles profissionais ficam gratos a você pelo acolhimento. Continua assim, pois tem muitos outros colegas com belíssimos trabalhos e que precisam ser mostrados para a sociedade brasiliense para que esta mesma sociedade reconheça valor e qualidade da educação dadas a seus filhos e nos dê seu apoio quando assim for necessário . Na entrevista com o Gustavo Ioschpe ele diz: OS PAIS PARECEM DESCONHECER A MÁ QUALIDADE DAS ESCOLAS EM QUE SEUS FILHOS ESTUDAM,,,,Por isso, meu Caro WD, seu blog é o porta voz para discordar dessa afirmativa do Gustavo que, de certa forma, afirma que não há qualidade no trabalho do professor e o trabalho do professor João Rosa no CEF 11 do Gama diz exatamente o contrário.

    Curtir

  6. Cida disse:

    Parabêns a Equipe de Direção também!

    Curtir

  7. Guidi Nunes disse:

    Parabéns para o Professor, Equipe e Direção do CEF 11 do Gama.

    Curtir

  8. Flávios disse:

    Prezado WD,
    minha dúvida é se a partir de agora posso recolher o INSS do meu trabalho como vendedor nas horas vagas

    Curtir

  9. Prof. RO disse:

    Nessa do SINPRO querer enxugar o nosso contra-cheque, por descuido ou desatenção, na aprovação do novo Plano de Carreira, fomos muito prejudicados na prática, inclusive com redução de salário de alguns colegas… Mesmo com o aumento de mais ou menos 70 reais do auxílio-alimentação, meu salário só aumentou 40 reais… Vários dias de greve ano passado pra isso… Que categoria bem representada… Vamo que vamo… Obrigado ao Sindicato por tanta presteza…

    Curtir

Comente

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: