O arrocho da Secretaria de Educação do DF

27/02/2014

Quem acompanha o Orçamento Público do Distrito Federal sabe: por diversas razões, equivocadas ou não, o caixa do GDF está negativo. E os efeitos dessa situação problemática já começa a aparecer na Secretaria de Educação. Comenta-se nos bastidores que para compensar os problemas financeiros da pasta o “Comando” suspendeu a contratação de novos professores efetivos ou temporários, passou a calcular pela proporcionalidade das horas trabalhadas os valores pagos pela coordenação pedagógica dos temporários, está dificultando a liberação de coordenadores, dos professores atletas, de licenças e até arrochando nas perícias médicas.

Há relatos de suspensão das obras de reformas nas escolas e até o projeto de Tempo Integral nas escolas, especialmente na CRE Brazlândia, está sendo revisto. Também estão centralizando a compra de materiais, por exemplo, resmas de papel.

Ou seja, 2014 será de grandes dificuldades nesta área já tão abandonada. Mas espero que em breve não só professores, mas como servidores da assistência, alunos, pais e comunidade em geral demonstrem sua insatisfação com este quadro lamentável da Educação Pública no DF.

E para piorar está complicado até conseguir falar com os dirigentes da SEDF.

AVISO AOS NAVEGANTES: Representante sindical, professor e pai de aluno da Rede Púbica de Ensino. Então, tenho todo o direito e dever de reclamar e exigir do Governo responsabilidade com a escola pública.

.

Washington Dourado

CLIQUE AQUI e visite minha nova Fan Page


Qual o problema na Secretaria de Educação do DF?

26/02/2014

Diante da falta de professores nas escolas, suspensão da contratação de novos profissionais, merenda escolar insuficiente, falta de livros didáticos em algumas CREs, suspensão das reformas, cancelamento do repasse de recursos do PDAF/2013 e tantos outros problemas, a pergunta que muitos já estão questionando:

Qual o problema na Secretaria de Educação do DF? Existe uma crise financeira ou de gestão?

Se continuar desse jeito este será lembrado como um dos piores anos letivos na Rede Pública de Ensino dos últimos anos. Será que o Governador está ciente da gravidade da situação?


Nova página o Facebook

26/02/2014

Visitantes,

Com o objetivo de facilitar a publicação de informações e possibilitar melhor interação transformei o meu perfil no Facebook em uma Fan Page.

Então, CLIQUE AQUI, faça uma visita e dê um “CURTIR” para seguir todas as informações publicadas aqui e outras que divulgo exclusivamente naquele espaço.

Grato

Washington Dourado


Assistência à saúde e auxílio alimentação, prioridades da categoria?

26/02/2014

A implantação do plano de carreira está em curso e 2014 será uma ano atípico com Copa e eleição. O fato é que teremos um ano engessado e com muitas dificuldades para emplacar uma longa luta pela nossa pauta de reivindicações como sempre fazemos em anos anteriores. Entretanto, o que mais se ouve nas escolas ou em redes sociais é a necessidade da categoria focar sua luta por benefícios como:

– Plano de saúde e aumento do auxílio alimentação.

Você concorda?


Wasny visita militares detidos na Corregedoria da PM

25/02/2014

A manhã do deputado Wasny de Roure, presidente da CLDF começou com uma  visita ao grupo de policiais militares que foram  levados para a “NPM- Núcleo de Prisão Militar”, na chamada Papudinha, entre quinta e sexta-feira passada por suspeita de cometer vários crimes militares, incluindo incitação à desobediência, incitação à violência e publicações indevidas. Os policiais participam do movimento que reivindica reajustes para a categoria.

Na quinta-feira da semana passada, em assembleia que lotou o auditório da Câmara Legislativa, os policiais e bombeiros militares se manifestaram mais uma vez contra a aprovação da proposta de reajuste salarial apresentada pelo GDF. Wasny disse que a Câmara está a disposição para resolver o impasse e se  colocou como interlocutor junto ao GDF para contribuir com a construção – na base do diálogo- de uma proposta que contemple a categoria.

Os policiais devem permanecer presos por pelo menos 30 dias, segundo o corregedor-geral, Civaldo Florêncio.

Entenda o caso

Os PMs deflagraram a operação em outubro, por falta de reajuste policial. Com isso, o policiamento ostensivo ficou enfraquecido. O número de mortes em janeiro, por exemplo, cresceu mais de 40% em relação ao mesmo período do ano passado. O Tribunal de Justiça pôs fim à operação, acatando o pedido do Ministério Público para declará-la ilegal. O descumprimento da decisão tinha como pena multa diária de R$ 100 mil.

CLIQUE AQUI e leia mais

.

COMENTÁRIO DO WD:

O Deputado Wasny de Roure está de parabéns por este gesto político que significa muito para esta categoria de trabalhadores. O Brasil não vive mais nos tempos de ditadura, portanto, não justifica em nada a prisão de qualquer trabalhador que luta por melhores condições de trabalho e salário. Aliás, desmilitarização da polícia já! 

Este ato do Presidente da CLDF é muito importante para não deixar a situação dos PMs presos cair no esquecimento como alguns querem. Com certeza esta não será uma atitude bem vista pelas bandas do Buriti, mas o importante é que o Deputado manteve seu compromisso com sua história. E os outros Deputados? 


Problemas também na merenda escolar

24/02/2014

Já o leitor Luiz Antonio lembrou que na questão da merenda escolar a coisa também não anda nada boa:

“Tem que falar da falta de merenda, ou seja carne e frango para o almoço. No CEMI do Gama os alunos estão almoçando arroz, feijão , macarrão e salada.”

Esta questão da merenda é ainda mais séria nas escolas que implantaram o tempo integral.


Sugestão de seminários para discutir a crise de gestão na SEDF

24/02/2014

O leitor deste blog, José Gadelha, enviou uma sugestão interessante para ampliar o debate sobre os diversos problemas enfrentados pela Educação Pública atualmente:

“Sugiro que a diretoria do SINPRO convoque um conjunto de seminários regionais para encontrarmos uma saída dessa grave crise de gestão na qual mergulharam a SEEDF. Enquanto diretor do CEM 09 de Ceilândia – e acredito, os demais diretores também – estou extremamente preocupado com a situação. É muita gente dando pitaco na educação do DF – e o pior, de fato, não conhecem o problema e o nível do debate despenca.

José Gadelha”


%d blogueiros gostam disto: