Despesa com pessoal do GDF em 2014 não ultrapassou o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal

Este blog foi informado por fonte segura que as despesas com pessoal do Governo do Distrito Federal durante o ano de 2014 ficou em 46.9% do orçamento anual. Portanto, não ultrapassou o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal.
Esse dado é muito importante, pois quebra o discurso do Governo de que a LRF foi ultrapassada, o que impossibilitaria pagar os reajustes já previstos nos planos de carreira das categorias.

.

Washington Dourado

Anúncios

7 Responses to Despesa com pessoal do GDF em 2014 não ultrapassou o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal

  1. Deise Martins disse:

    Venho por meio deste, agradecer-lhe por seu excelente trabalho! Trabalhei muitos anos em 2 municípios diferentes de Goiás e posso afirmar que nenhum sindicato lutou com tanto afinco por nossa classe. Todos estão sofrendo Pela situação em que colocaram o nosso país. Mas, cabe a nós, unirmos forças por um Brasil mais justo e por uma educação de qualidade para todos os envolvidos. Obrigada Washington Dourado e a todos os membros do sindicato por tudo! Professora Deise Rodrigues Martins. CAIC- UNESCO São Sebastião- DF

    Curtir

  2. Não é novidade para ninguém que o governo do Agnulo foi o pior de todos os tempos que o DF já teve. Contudo temos que ser racionais, a crise que o DF atravessa não é por causa dos acordos feitos com os tralhadores nem por insuficiência de verba, tampouco por ter sido ultrapassado os limites da LRF. O problema é que a corrupção foi estrondosa, obras superfaturadas, muitos cargos a “padrinhos” e é claro nossas queridas obras hiperfaturadas para copa do mundo como: estádio, VLP, aeroporto, e outras obras, que diariamente passa nos veículos de informações, que sequer foram terminadas.
    O novo governador, Enrolaemberg, aproveitando-se disso vem a público e informa a população que a crise é devido aos salários dos servidores. MENTIRA! Agora esse senhor quer é dar calote nos reajustes já previstos nos planos de carreira das categorias. A falta de respeito é tão grande que o governador vem a público pedir para que aceitemos tudo e que não façamos greve.
    Para piorar, aproveitando-se da situação que todos só falam da má gestão do governo anterior, adota várias medidas que visam aumentar os impostos dos contribuintes, tais como:
    _ Atualização do valor dos imóveis para cálculo do IPTU sem aumento das atuais alíquotas praticadas no DF.
    _ Revisão da cobrança da Taxa de Limpeza Pública (TLP).
    _ Revisão da cobrança do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI).
    _ Nivelamento do IPVA e ampliação das parcelas. Passariam de três para quatro.
    _ Revisões no ICMS para combustíveis: aumento na alíquota da gasolina e do diesel, de 25% para 28% e de 12% para 15%, respectivamente, além da redução na alíquota para o etanol de 25% para 19%. A alíquota do diesel para o transporte público continuaria em 0%.
    _ Aumento da alíquota do ICMS de telefonia de 25% para 28%.
    20. Redução do ICMS em medicamentos genéricos: de 15,3% para 12%.
    _ Redução de 12% para 7% a alíquota do ICMS para os seguintes alimentos: arroz, feijão, macarrão espaguete, óleo de soja, farinha de mandioca e de trigo, açúcar, extrato de tomate, café torrado e moído, aves vivas, sal refinado, alho e carnes.
    _ Auditoria da folha de pagamento.
    _ Fim da isenção do IPVA para veículos 0 km (a ser aprovado por lei).
    _ Antecipação de recursos para saldar benefícios atrasados.
    _ Novas estratégias de fiscalização e cobrança para aumentar a receita.

    Curtir

  3. Concordo totalmente com as palavras de Jefferson Ferreira Teles. Disse tudo!

    Curtir

  4. O triste é saber que a maior parte da população acredita no que o governador fala. E esse pacote será empurrado goela abaixo de todos. É preocupante ver que os suados centavos de aumento que podemos conseguir, não cobrem nem os aumentos de impostos, que dirá os juros e outras formas que levam o nosso salário como água escorrendo por entre os dedos.

    Curtir

  5. […] este blog divulgou (aqui) com exclusividade que os gastos com despesas de pessoal do Governo do Distrito Federal no último […]

    Curtir

Comente

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: