GDF deve pagar salários até quinto dia útil do mês, decide tribunal

fonte: Portal G1

O governo do Distrito Federal deve pagar os salários dos servidores até o quinto dia útil do mês, decidiu o Tribunal de Contas em sessão realizada nesta quinta-feira (29). No entendimento do TCDF, o governo deve cumprir a lei, que prevê correção monetária dos valores que não forem pagos até o quinto dia útil.

O tribunal deve enviar recomendação ao governo para que preste atenção a todos os dispositivos previstos na Lei Orgânica do DF.

A proposta foi alvo de representação do Ministério Público e gerou protestos dos servidores da saúde e da educação, que rejeitaram a medida. Em análise na quinta-feira passada (22), o relator da representação, Manoel de Andrade, votou pela ilegalidade da proposta.

Os conselheiros Anilceia Machado e Paulo Tadeu votaram pelo pedido de esclarecimentos. Com dois membros do plenário em férias e o impedimento de voto do presidente, Renato Rainha (que só se posiciona em caso de empate), o GDF ganhou quatro dias para defender o escalonamento dos repasses.

CLIQUE AQUI e continue lendo

Anúncios

One Response to GDF deve pagar salários até quinto dia útil do mês, decide tribunal

  1. Caro WD,

    Acredito que você tenha clareza da alienação política de , infelizmente, grande parte da nossa categoria. Então, para muita gente fazer a defesa do Rollemberg e do , pasme, Aécio é só um pulo. O que eu mais vi nas escolas de todo o DF foi gente defendendo a candidatura do Rollemberg e do Aécio. Para mim está muito claro que professores que fizeram isso ignoram completamente o que foram os anos FHC para país e o real significado do neoliberalismo para o mundo do trabalho. Não estou aqui a defender o governo Agnelo, que teve sérios problemas, inclusive conosco. Mas também não dá pra esperar que os erros do Agnelo justifiquem as barbaridades que esse arremedo de governo vem cometendo sistematicamente.
    Acredito que o SINPRO deva começar a se preocupar com a formação política de nossa categoria, pois caminhamos para um processo de alienação sem precedentes e que pode custar muito caro no médio e longo prazo.
    Agora eu pergunto: quem votou no Rollemberg está feliz recebendo 1/9 de férias???? Está??? E mais, ainda vai ser parcelado. QUE ABSURDO! Isso prova que alienação política tem preço: não receber até hoje o 13º de dezembro; receber atrasado o pagamento de dezembro, o que acabou desorganizando o orçamento de muitas famílias, resíduos de 13º que ainda não foram pagos; a real possibilidade de atraso do pagamento de jan/2015; o parcelamento de salários; a indecência de 1/3 de férias de transmutarem em 1/9 de férias e ainda ser parcelado; a unilateralidade na tomada de decisões do secretário de educação – com minúsculas mesmo -; a falácia da alteração da data de retorno às escolas etc… Queriam mudanças, estão aí.
    E não adianta argumentar que a culpa é do Agnelo. Não! As decisões do atual governador são DECISÕES POLÍTICAS e os desdobramentos de tais decisões são de sua responsabilidade.
    O que muitos professores precisam é de mais Marx e menos Globo; Veja; Folha e afins.

    Curtir

Comente

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: