VOCÊ PRECISA FORTALECER A GREVE DOS PROFESSORES E ORIENTADORES DO DF

Colegas,

Estamos em meio a uma necessária e difícil greve. Necessária por que estamos sob ameaça de perda de direitos tão duramente conquistados ao longo da nossa história de lutas. Difícil por que a conjuntura está complicada, o final do ano se aproxima e o Governo de plantão se revela incapaz de construir soluções.

Mas, mesmo diante de todas estas adversidades, a atitude que esperamos de cada professor e professora, orientador e orientadora é que tenha plena consciência de tudo e ajude aos que estão na luta a reverter este quadro. O Governo demonstra todo dia que não se importa com nossos direitos, não respeita as leis e se prepara para implantar aqui a precarização dos serviços públicos, a desmoralização dos servidores e a terceirização em todos os setores, inclusive na Educação.

Por isso, não tem desculpas. Todos precisam fortalecer a greve. Todos devem fazer a greve. Afinal, a lição necessária neste momento é a da dignidade da luta, da resistência, da solidariedade e da participação.

Por fim, faço aqui um alerta: se o Governo vencer esta luta, o que vamos assistir nos próximos anos é o maior retrocesso em tudo que já conquistamos. O começo de tudo é o não cumprimento da tabela salarial prevista no Anexo VII do nosso plano de carreira.

Então, faça a greve! Não tenha medo ou qualquer receio! Fique do lado da categoria e tenha a certeza que vamos sair dessa luta mais forte do que entramos.

Esta é a greve da sua categoria, é por seus direitos, então ajude a fortalecê-la!

.
Washington Dourado

3 respostas para VOCÊ PRECISA FORTALECER A GREVE DOS PROFESSORES E ORIENTADORES DO DF

  1. Mônica Costa disse:

    Eu estou na greve e trabalhando para arrebanhar cada vez mais almas para o caminho da luz! Vem você também!

    Curtir

  2. Washington Dourado,

    A Conjuntura econômica é concreta, estamos em um cenário de recessão, o Brasil terá uma retração de -3 do PIB, Brasília terá retração de -2,4% do PIB, o Goiás será de -3,8% do PIB. Quando firmaram acordo salarial no passado, governo Agnelo, a economia estava em crescimento leve de 1 a 2%, o Estado de Goiás estava vivendo um momento bastante positivo, crescimento de 3% do PIB em média, em função da commodities e a indústria de automóvel.
    A conjuntura política nacional repercute muito no DF. O governo Dilma está na defensiva, não consegue reagir a uma pauta negativa, vivendo a perspectiva de impedimento. Nessa linha, o governo pode enviar uma nova mensagem ao congresso nacional, indicando um déficit de 50 bilhões no Orçamento da União para 2016. O relator do Orçamento, Deputado Ricardo Barros, indica cortar verbas do Bolsa Família, e deve, na melhor das hipóteses, manter os mesmos valores de 2015 para o fundo constitucional do DF. Muitos deputados de outros Estados já questionam o valor destinado para a Capital Federal.
    A situação poderá piorar para 2016 caso não se resolva a crise política do governo Federal. Talvez seja necessário o movimento sindical fazer uma grande reflexão sobre a crise econômica que atingiu a Europa em 2008. Naqueles países os cortes foram drásticos, a Alemanha chegou a demitir 15% dos servidores públicos. Bancários na Itália faziam greve defendendo a redução dos salários em 20% para evitar as demissões. Espanha e Portugal fizeram vários ajustes na Economia, principalmente na área da Educação.
    Por fim, pode-se acrescentar o cenário internacional, Que não é bom para os países dos BRICS, tendo em vista a ofensiva dos EUA criando novos acordos comerciais, procurando isolar a China e a Rússia. Viveremos uma drástica redução salarial da força de trabalho no Brasil, com desemprego e precarização de serviços, bem como com novas privatizações.

    Curtir

  3. Sou contrato e no meio do ano fiz uma paralisação. A escola fez a reposição no mesmo mês e eu ATE HOJE não recebi o dia parado.
    Ligo na Regional e dizem que não há previsão de pagamento. No SINPRO a resposta é de que estão negociando.
    Aí eu pergunto, como que eu entro nessa greve?? Não recebi nem UM dia parado, quem dirá de uma greve.
    =(

    Curtir

Comente

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: